Broken


Uma pontada no peito...
Certeira e tão dolorida...
Deixou minha boca amarga
E reabriu a ferida.

Como fui esquecer esta dor?
Quando me permiti sofrer outra vez?
Desatenta eu fui.
E pago agora o preço.

Deveria me lembrar
que você não é obrigado
a me amar...
Mas me esqueci
e agora sofro...

Só restaram cacos ao redor de mim.

(Elis Cândido/março de 2013)

2 comentários:

  1. Olá, amiga
    Passei para desejar uma Páscoa Feliz, com muita luz e harmonia.

    Abraço amigo
    Runa

    ResponderExcluir
  2. Tuas letras são lindas, amei, parabéns!

    ResponderExcluir